Arquivo da tag: Seminário

CONVITE!

CONVITE

Anúncios

Convite – Seminários Nacionais

Seminário Nacional sobre Terceirização nas IES

Seminário Nacional sobre Precarização do Trabalho Docente

 

 

PROGRAMAÇÃO

 

Dia 8/4/2016 (sexta-feira)

Local: Auditório Paulo Petrola (Reitoria) – UECE Campus do Itaperi

 

  1. Precarização do trabalho e desafios da organização sindical nas IES

Com: Paulo Rizzo (ANDES-SN)

Horário: 17h.

 

  1. Terceirização nas IES

Com: Luis Acosta (ANDES-SN) e David Montenegro (SINDIFCE)

Horário: 18h30.


 

Dia 9/4/2016 (sábado)

Local: Auditório Castelo Branco – IFCE – Benfica

 

1. O mundo do trabalho hoje

Epitácio Macário (ANDES-SN) e Selma Cristina S. de Jesus (UFBA)

Horário: 9h

 

  1. A precarização do trabalho docente

Olgaíses Maués (ANDES-SN) e Denise Bessa (UFMA)

Horário: 14h

SEMINÁRIO – CRISE E DESAFIOS DA SAÚDE PÚBLICA: CAOS, PRIVATIZAÇÃO E PERSPECTIVAS

CRISE E DESAFIOS DA SAÚDE PÚBLICA: CAOS, PRIVATIZAÇÃO E PERSPECTIVAS 
Impasses da EBSERH e a construção de um projeto à altura das complexas questões dos Hospitais Universitários
29 DE MARÇO/2016 – TERÇA – 8h30m Local: Fórum Autran Nunes, na Av. Tristão Gonçalves, esquina com Pedro I.

 

            Uma regra não escrita vigora na saúde (e não só) do Brasil: é proibido pensar uma saída diante de uma crise que acarretou o caos na saúde brasileira. Ela tornou-se inviável. Prevenção quase não existe. O exemplo do Aedes aegypti está aí. As políticas públicas geraram o caos. E saúde passou a custar o olho da cara. E no entra e sai de governo tudo muda, para nada mudar.

            150 milhões de brasileiros recorrem ao SUS. 50 milhões têm plano de saúde. Saúde pública virou uma calamidade. A privada se degenera. E, apesar dos esforços dos profissionais, o ensino, a pesquisa, a extensão e a própria prática das questões da saúde não estão à altura dos desafios do século XXI.

            Ultrassons, tomografias computadorizadas, ressonâncias magnéticas, cintilografias, endoscopias, cateterismos e outras tecnologias fornecem imagens nítidas e dão ideia do funcionamento dos órgãos internos das pessoas. No entanto, a utilização dessa tecnologia está proibida para milhões de brasileiros(as).

            A luta contra as demissões no Hospital das Clínicas e Maternidade Escola da UFC aumentou a nossa consciência e o nosso compromisso para uma resposta à gravidade da crise da saúde pública.

            Nessa batalha constatamos que a criação da EBSERH pelo Governo Lula/Dilma agravou ainda mais o quadro das unidades hospitalares universitárias. Nossa reflexão e luta nos possibilitaram o conhecimento de inúmeras denúncias em todo o Brasil, expondo a verdadeira face da EBSERH: inconstitucionalidade, imoralidade, ilegitimidade, privatização dos hospitais universitários, quebra da unidade entre ensino, pesquisa e extensão, restrições à autonomia da própria Universidade, tentativa de cessão dos funcionários estatutários à referida empresa, imposição de demissões de milhares de trabalhadores(as) em todo o Brasil, etc., etc..  No Ceará, além disso, denúncias apontam para assédio moral, desrespeito a direitos e péssimas condições de funcionamento das referidas unidades de saúde, que vêm se agravando com o processo de demissão dos trabalhadores(as) vinculados à SAMEAC. E o que é mais grave, não há espaço para uma discussão aberta, arejada, tendo em vista a gravidade da situação.

              Agora, você está sendo convidado(a) para participar de uma reflexão e tomada de medidas para enfrentar e começar a resolver a luta sobre essa temática. Esse é o objetivo do  Seminário que será realizado no dia 29 de março com o tema “Crise e Desafios da Saúde Pública: Caos, Privatização e Perspectivas – Impasses da EBSERH e a construção de um projeto à altura das complexas questões dos hospitais universitários” com a presença de vários(as) convidados(as).

            Renovamos convocação para a Audiência na Justiça do Trabalho no dia 30 de março, às 8h30m, quando realizaremos manifestação em solidariedade à luta dos companheiros contra as demissões. Será no Fórum Autran Nunes, na Av. Tristão Gonçalves, esquina com Pedro I.

            Você não pode perder essa reflexão e essa luta. Participe! Colabore!

            Vamos construir um futuro diferente para a nossa gente aqui, no Brasil e no Planeta!

 

SEMINÁRIO CRISE E DESAFIOS DA SAÚDE PÚBLICA:

CAOS, PRIVATIZAÇÃO E PERSPECTIVAS –

Impasses da EBSERH e a construção de um projeto

à altura das complexas questões dos Hospitais Universitários

 

 

29 DE MARÇO/2016 – TERÇA – 8h30m

 

 EXPOSITORES:

 MDTS, CRÍTICA RADICAL, Dr. Jorge Darze (RJ) /

Dr. Darley Wollmann (PR) / Dr. Paulo Everton (Ce)/

 Dr. Clóvis Renato (Ce)

 

PROMOÇÃO/APOIO:

 MDTS / CRÍTICA RADICAL / C.A. Medicina / SENECE / CREFITO 6 / CESAU / Fórum em Defesa do SUS / SINDMEDCE / SINTUFC / CBJP / SINDIODONTO /

SASEC / CRESS / AFBNB /SINTAF / SINDPD / UMC, …

 

Obs: O Dr. Jorge Darze é Presidente do Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro, integrante da Diretoria da FENAM (Federação Nacional dos Médicos), membro da ABRAMES (Academia Brasileira de Médicos Escritores) e da Frente Nacional Contra a Privatização da Saúde.

         O Dr. Darley é Diretor do Sindicato dos Médicos do Paraná e da FENAM (Federação Nacional dos Médicos), Servidor do Complexo Hospitalar da UFPR e integrante da Frente Nacional Contra a Privatização da Saúde.

Seminário Latino-Americano sobre mobilidade urbana em Fortaleza

Encontro acontecerá na próxima sexta-feira (6), no Centro de Eventos do Ceará, com as presenças do governador do Estado e do prefeito da Capital.

Com o tema “Mobilidade Urbana e Segurança Cidadã”, o jornal Diário do Nordeste realizará o Seminário Latino-Americano Inovação e Desenvolvimento de Negócios (IDN), reunindo autoridades nacionais e internacionais para debater gestão pública, planejamento da mobilidade nos centros urbanos, segurança e eficiência, desafios e oportunidades no cenário atual.

Veja aqui a programação do evento:

image

Fonte: Diário do Nordeste

Seminário: Fortaleza e Crescimento Urbano – o Papel da Gestão Pública

O Observatório de Políticas Públicas – OPP – tem como missão fundamental contribuir para uma maior participação e controle sociais das políticas públicas implementadas em Fortaleza e no interior do Estado por meio de pesquisas, análises, avaliações e, notadamente, a realização de eventos que envolvem a Universidade, o poder público e a sociedade.

Dessa forma o OPP dá início, na próxima terça-feira, 23 de Junho de 2015, com o referido Seminário, a um Ciclo de Debates sobre a cidade de Fortaleza em alusão aos seus 289 anos. Os eventos serão pautados por temas referentes à situação atual de Fortaleza (aspecto social, político, econômico ambiental, etc.) no que tange ao papel da gestão pública e da participação social. O arquiteto e urbanista Fausto Nilo analisará a questão do crescimento urbano de Fortaleza e o Professor João Bosco e o Natanael Mota darão enfoque maior sobre a gestão pública. Os debates serão conduzidos sob a coordenação da Profa. Dra. Maria do Céu de Lima, do curso de Geografia da UFC e colaboradora do OPP.

Vale ressaltar que esta é uma iniciativa que atende ao processo sistemático de acompanhamento e avaliação da gestão pública pelo OPP, neste caso com respeito à atual administração da Prefeitura de Fortaleza, como forma de feedback à CARTA ABERTA AOS CANDIDATOS À PREFEITURA DE FORTALEZA, então entregue pelo OPP aos candidatos ao paço municipal nas eleições de 2012, nos debates que realizamos entre eles, a qual explicitamos abaixo e reiteramos sua atualidade em muitos aspectos salientados.

Seminário Internacional Violência e Conflitos Sociais

Em sua quarta edição, o Seminário Internacional Violência e Conflitos Sociais celebrará o aniversário de 20 anos do Laboratório de Estudos da Violência. Intitulado de “Territorialidades e Negociações” este evento que será realizado entre os dias 02 a 05 de dezembro de 2014, contemplará em suas conferências, mesas redondas e grupos de trabalhos, simultaneamente, as temáticas que tem sido foco das pesquisas do LEV e a própria trajetória deste laboratório de pesquisa que tem alcançado visibilidade e relevância acadêmica no plano local, nacional e internacional.

O encontro será organizado em torno de conferências, mesas redondas e grupos de trabalho. As palestras tecerão considerações dos expositores sobre problemas teórico-metodológicos relativos às violências, conflitos sociais, sobretudo, às territorialidades e negociações do mundo contemporâneo. Cada palestra terá um momento de exposição seguido de um debate com a plateia.

Visite o site do evento: http://lev.ufc.br/seminario2014/