Economia

Estados cortam 47% dos investimentos

Sede dos Jogos Olímpicos 2016, Rio de Janeiro foi o Estado que mais reduziu investimentos.

Link: http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/negocios/estados-cortam-47-dos-investimentos-1.1537364


DIRETORIA SE UNE A OUTRAS ENTIDADES PARA BARRAR O PLP 257/16.

http://sinpoldf.com.br/destaque/2016/04/diretoria-busca-apoio-para-barrar-o-plp-25716-na-camara-federal.html


 

Governo Federal pode elevar tributos dos combustíveis para fechar orçamento

Informações: http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/negocios/online/governo-federal-pode-elevar-tributos-dos-combustiveis-para-fechar-orcamento-1.1433318


Inadimplência no mercado de crédito brasileiro vai a 4,9%

O estoque total de crédito no país subiu 0,8% contra o mês anterior

Fonte: http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/negocios/online/inadimplencia-no-mercado-de-credito-brasileiro-vai-a-4-9-1.1419968


Plenário pode votar projeto que regulariza ativos no exterior não declarados

23/10/2015

Pauta também inclui reajuste de taxas da Ancine, do Ibama e do Cade; e autorização para universidades públicas cobrarem por cursos de pós-graduação lato sensu

O projeto de lei sobre repatriação de recursos (PL 2960/15) é o destaque da pauta do Plenário a partir de terça-feira (27). A matéria faz parte do ajuste fiscal do governo e tranca a pauta devido àurgência constitucional, assim como a Medida Provisória 687/15, que reajusta taxas de três órgãos federais.

http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/POLITICA/498790-PLENARIO-PODE-VOTAR-PROJETO-QUE-REGULARIZA-ATIVOS-NO-EXTERIOR-NAO-DECLARADOS.html


FGTS de domésticos começa a valer em outubro

20/10/2015

Começa a valer em outubro a obrigação dos empregadores de pagar, aos trabalhadores domésticos, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), além de outros direitos. Até então, esse benefício era opcional.

Sistema vai gerar uma guia única de recolhimento para todos os tributos. Cadastramento será liberado somente em outubro deste ano, diz governo.

Mais informações: http://g1.globo.com/economia/seu-dinheiro/noticia/2015/09/fgts-de-domesticos-comeca-valer-em-outubro-veja-como-vai-funcionar.html


O ajuste ampliou a recessão, hora de mudar a política econômica!

15/10/2015

Felizmente, há alternativas ao ajuste recessivo que repensam a estratégia de política monetária e fazem uso estratégico dos gastos públicos.

http://cartamaior.com.br/?/Editoria/Economia/O-ajuste-ampliou-a-recessao-hora-de-mudar-a-politica-economica-/7/34751


Pará será o único estado sem recessão, aponta estudo

15/10/2015

Retração chegará perto de 3% no país, prevê Santander

A recessão próxima de 3% prevista para este ano vai se espalhar pelas regiões do país. Com a disseminação da crise econômica, nenhum estado brasileiro conseguirá crescer em 2015, segundo projeções do banco Santander. A instituição prevê que, entre as 27 unidades da federação, só o Pará escapará por pouco da recessão: deve fechar o ano com PIB estagnado, melhor número do levantamento. No Rio, a contração prevista é de 2,5%. Se a estimativa se confirmar, será a primeira vez desde 1996 — início da série histórica do IBGE — que a economia de todos os estados terá desempenho negativo ou nulo.

http://oglobo.globo.com/economia/para-sera-unico-estado-sem-recessao-aponta-estudo-17779291


Desemprego sobe para 7,6% em agosto, a maior taxa em seis anos

24 Setembro 2015

Rendimento médio real do trabalhador foi de R$ 2.185,50 no mês, segundo o IBGE; resultado significa alta de 0,5% em relação a julho e recuo de 3,5% ante agosto do ano passado.

A taxa de desemprego apurada nas seis principais regiões metropolitanas do Brasil ficou em 7,6% em agosto, ante 7,5% em julho, segundo dados sem ajuste sazonal divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A taxa de agosto deste ano é idêntica ao resultado de março de 2010 (7,6%) e a maior desde setembro de 2009 (7,7%). Considerando apenas meses de agosto, o resultado apresentado é o maior desde 2009, quando a taxa de desemprego do oitavo mês do ano ficou em 8,1%.

http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,desemprego-no-brasil-sobe-a-7-6-por-cento-em-agosto–diz-ibge,1768111


IMPOSTO SOBRE LUCROS E DIVIDENDOS GERARIA R$ 43 BI AO ANO, DIZ ESTUDO

Uma receita de mais de R$ 43 bilhões ao ano. É esse o montante que o governo poderia arrecadar com a cobrança de imposto de 15% sobre lucros e dividendos recebidos por donos e acionistas de empresas. A estimativa é dos pesquisadores Sérgio Gobetti e Rodrigo Orair, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que participaram na noite desta segunda-feira (14) de audiência pública promovida pela Subcomissão Permanente de Avaliação do Sistema Tributário Nacional.


Governo propõe volta da CPMF para financiar Previdência Social

Impacto esperado do imposto nas medidas fiscais é de R$ 32 bilhões.
Ministro da Fazenda espera que imposto não dure mais que quatro anos.

http://g1.globo.com/economia/noticia/2015/09/governo-propoe-volta-da-cpmf.html


Tire suas dúvidas sobre a CPMF 2015

http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,tire-suas-duvidas-sobre-a-cpmf-2015,1762806


Análise: A ressurreição da CPMF

http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,a-ressureicao-da-cpmf–imp-,1763051


Governo anuncia corte de R$ 26 bi e quer ressuscitar  CPMF

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/09/1681450-corte-de-gastos-do-governo-deve-ficar-proximo-a-r-26-bilhoes.shtml#article-aside


Veja as 9 medidas de corte de gastos anunciadas pelo governo

Ministros anunciam R$ 64,9 bi de corte de gastos e aumento de receita.
Medidas de cortes somam R$ 26 bilhões.

 http://g1.globo.com/economia/noticia/2015/09/veja-9-medidas-de-corte-de-gastos-anunciadas-pelo-governo.html

Espaço de fortalecimento do controle social assente em informações, estudos, pesquisas e debates que suscitem análises críticas e propositivas quanto as políticas públicas no Ceará e no Brasil.