Economia

Apresentação

     Com o avanço da ciência e da tecnologia, assiste-se a uma tendência geral da perda de importância daqueles que trabalham, quando observamos a “desqualificação” de suas atividades e a “desvalorização” de suas competências e talentos. Ao mesmo tempo, observa-se uma ofensiva estatal no sentido do enfraquecimento ou mesmo eliminação de direitos individuais e sociais. A “crise do trabalho” – e com ela a “crise fiscal do Estado” – é a denominação-síntese e abstrata de tal processo. O desemprego, a vulnerabilidade do emprego, o trabalho em tempo parcial, o aumento da carga de trabalho, o rebaixamento de salários, a concentração de riqueza, de renda e da terra; a crise sindical, o desmonte de direitos trabalhistas; no conjunto, são manifestações que compõem a “dívida social” que afeta expressivos segmentos da população em todo o mundo. O Ceará não foge a regra. Há uma enorme dívida que se avoluma e que exige a compreensão de suas causas. Os governantes, por sua vez, têm procurado adotar políticas que supostamente reduziriam esse passivo social. São políticas, ditas públicas, orientadas para os mais diversos setores, em particular para a geração de trabalho e renda.

     Nesse sentido, o Núcleo Economia, Trabalho e Renda (NECON) deverá funcionar de modo a estabelecer uma metodologia de avaliação que permita análises críticas das políticas públicas voltadas para o “mercado de trabalho” e para a expansão do emprego no Ceará.

     A produção acadêmica do NECON será posta à disposição dos vários segmentos da sociedade como um instrumento de controle dessas políticas públicas. Para os gestores públicos, a avaliação externa poderá proporcionar subsídios que permitam, se for o caso, uma melhor qualificação de suas formulações no futuro. E para a Universidade, a abertura de um amplo campo de pesquisa e de estreitamento de seus vínculos com a sociedade. É primordial que as atividades se desenvolvam em sintonia com a autonomia acadêmica, em conjunto com outras instituições interessadas na compreensão das causas que envolvem a questão social no Ceará.

Objetivos

     Produzir informações e análises críticas relacionadas ao “mundo do trabalho” que possam ser utilizadas  pelos movimentos sociais e entidades da sociedade civil, instituições governamentais, não-governamentais e outras entidades públicas e privadas que elaborem políticas ou desenvolvam ações voltadas para a geração de trabalho e renda no Ceará.

Anúncios

Espaço de fortalecimento do controle social assente em informações, estudos, pesquisas e debates que suscitem análises críticas e propositivas quanto as políticas públicas no Ceará e no Brasil.