Candidato a vereador é esfaqueado durante assalto no Centro de Fortaleza

O ator e candidato a vereador pelo Psol, Ari Areia, foi vítima de assalto e esfaqueado na mão esquerda, na noite deste domingo, 25, na avenida Duque de Caxias, próximo da Praça Coração de Jesus, no Centro de Fortaleza. O artista precisou passar por uma cirurgia de emergência devido ao rompimento de um tendão e recebeu alta no início da tarde desta segunda-feira, 26.
Ari voltava da Praça do Ferreira, no Centro, após realizar panfletagem no local, acompanhado pelos coordenadores da sua campanha, Helena Vieira e Tavares Neto. O trio caminhou até uma parada localizada na avenida Duque de Caxias para pegar um ônibus com destino ao terminal da Parangaba, onde seguiria de lá para o Conjunto Esperança para nova panfletagem.

Na parada de ônibus, eles foram abordados por três adolescentes, que anunciaram o assalto. Ari conta que não percebeu que um deles estava armado. O artista, ao pensar que levaria um soco, fez um movimento com as mãos para segurar o golpe. “Eu pedi calma, achei que ele (o suspeito) ia me dar um murro e fui com a mão para segurar, mas vi a faca. Se não tivesse ido com a mão, poderia ter sido pior, pegou na mão”, explicou o ator.

Depois de sofrer o golpe de faca, Ari correu para o canteiro central da avenida. Os adolescentes levaram uma bolsa com documentos, cartões bancários, panfletos da campanha do candidato a vereador e um celular e fugiram a pé. “Eles estavam desnorteados, não sei se estavam drogados. Quando ele (o assaltante) desferiu uma facada em mim, eu corri. Ele ainda tentou dar uma facada no Tavares, mas pegou no comparsa dele. Eles ficaram perdidos e fugiram no rumo da praça Coração de Jesus”, contou o artista.

Após o assalto, Ari foi socorrido ao Instituto Dr. José Frota (IJF). Apesar de já ter recebido alta, o ator segue com a mão enfaixada e imobilizada. Segundo Areia, ele ainda não sente o dedo indicador. “Vou voltar amanhã (terça) para uma avaliação se o dedo está respondendo, se não tiver, saber como que resolve. Até agora está muito dolorido e não estou conseguindo mexer. Os outros (dedos) já voltaram a mexer, mas esse (o indicador) ficou se responder depois da cirurgia”, disse.

Como foi internado devido ao ferimento, Ari afirma que não teve tempo de ir a uma delegacia, mas deve procurar uma unidade ainda nesta segunda para realizar um Boletim de Ocorrência (B.O.). O candidato a vereador garante que cumprirá a agenda no restante da campanha sem receio de andar a pé e circular de ônibus por Fortaleza.
“A cidade é um emaranhado de complexidade. Não pode se fazer uma leitura recortada desse fato, estando como vítima sem entender que os garotos (que lhe assaltaram) também estão como vítimas. Não pode deixar de prosseguir com o coração cheio de esperança para não dar margem a outros sentimentos ruins. Não pode achar que a coisa não tem jeito, nem achar que o jeito é a repressão”, comentou.

  • Fonte: O Povo Online.
  • Editado por Bruno.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s