Plenário começa votação da PEC que fixa pisos maiores para gastos com a saúde

O Plenário começou a votação nominal da Proposta de Emenda à Constituição 1/15, do deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP), que estabelece pisos maiores para os gastos da União com saúde pública.

O texto, que precisa de 308 votos favoráveis, foi fruto de acordo entre o governo federal e a Frente Parlamentar da Saúde.

Segundo a proposta, a partir do primeiro ano seguinte ao da promulgação da futura emenda constitucional, a União terá de destinar 14,8% da Receita Corrente Líquida (RCL) até chegar a 19,4% ao longo de sete anos.
Se aplicada em 2015, ela significaria R$ 99,82 bilhões para o setor (14,8% de R$ 674,52 bilhões de RCL realizada).

Acompanhe em: Plenário em tempo real

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s